Como criar uma campanha de E-mail Marketing de sucesso

mailmktatadesign

Embora várias pessoas afirmem que o e-mail marketing não é mais relevante, isso não é verdade. As campanhas de e-mail marketing continuam sendo uma parte importante da estratégia de marketing.

Veja as melhores práticas de e-mail marketing e dicas para ajudar a obter um ótimo resultado:

1. Assunto:

O assunto é a primeira impressão que passamos aos leitores. É importante deixá-los curtos e objetivos. 33% dos receptores abrem e-mails baseando-se no assunto. Assuntos personalizados aumentam em 22% as chances do e-mail ser aberto.

2. Conteúdo:

Produzir um conteúdo relevante, comunicar bem o valor da informação e de forma convincente é de extrema importância no e-mail marketing. Em média, uma pessoa gasta de 3 a 4 segundos decidindo se irá ler o e-mail.

3. Imagens e Design:

Utilizar boas imagens e elementos de design aumenta a motivação de uma pessoa em relação a uma marca. 75% dos usuários admitem julgar uma empresa de acordo com seu design. Campanhas com imagens geram 42% mais conversão do que aquelas que não as têm.

4. Aspectos Técnicos:

Utilizar html básico, ao invés de javascript ou css, pois cada leitor de e-mails lê códigos de uma forma. E-mails em html têm uma taxa de conversão para uma ação específica 2 vezes maior do que e-mails em textos simples, mas é importante ter as 2 opções. 88% das pessoas preferem receber e-mails de empresas em html ao invés de e-mails apenas com textos simples.

5. Design Responsivo:

E-mails com otimização para aparelhos móveis com botões e fonte de tamanhos maiores facilitam o seu uso e leitura. 53% dos e-mails são abertos em aparelhos móveis, sendo que o primeiro link em e-mails responsivos em portáteis tem uma taxa de cliques 30% maior do que os e-mails não responsivos.

6. Botões:

Botões aumentam a taxa de cliques e convertem mais leitores para a ação. Botões com o texto “clique aqui” têm mais cliques do que aqueles escritos “vá” ou “Submeter”. E-mails que tenham alguma conexão com redes sociais têm uma taxa de conversão em ação 158% maior.

Fonte: hubspot.com


Marketing de conteúdo – um esforço de longo prazo

marketingdeconteudo

Marketing de Conteúdo é uma maneira de engajar com seu público-alvo e crescer sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas de modo a criar uma percepção positiva da sua marca e assim gerar mais negócios.

Uma das maiores dificuldades dos profissionais tradicionais de marketing é parar de falar de seus produtos e serviços e focar no interesse real do público: conteúdos realmente úteis e interessantes. Texto publicitário não se torna uma peça de conteúdo só porque está em seu site, conteúdo de qualidade é aquele que atinge o público certo no momento que ele mais precisa.

O marketing de conteúdo não é publicidade. Muitas empresas e gestores de marketing ainda interpretam o conteúdo digital como sendo uma simples forma de fazer publicidade e isso é prejudicial não só para as perspectivas a longo prazo de uma determinada marca, mas também para todo um time de conteúdo, caso eles pensem da mesma forma.

As empresas que sabem praticar esta estratégia o produzem de forma contínua e muito eficaz. Investem em uma boa estratégia de marketing de conteúdo que trabalhe no longo prazo e possa construir uma reputação para os consumidores que deseja atingir.

O marketing de conteúdo é escrito por uma equipe treinada e tem o objetivo de educar e influenciar os consumidores de uma maneira sutil e extremamente eficaz.

Portanto, o objetivo final dessa estratégia é alcançar a liderança na sua área de atuação e consolidar a marca no mercado.

Fonte: marketingdeconteudo.com


O que é o Design Responsivo e sua importância

design-responsivo

Hoje já ouvimos muito falar em Design Responsivo, mas o que isso significa?

Design Responsivo nada mais é do que o jeito de programar sites ou e-mails marketing para que se adaptem ao produto em que está sendo aberto, seja ele um computador, um tablet ou celular. Quando o site recebe a requisição do usuário, ele vê quem está chamando e entrega a melhor resolução possível para aquele dispositivo.

A razão para que as empresas estejam cada vez mais focando em mobile é simples: esta é a plataforma do futuro. O público de internet está migrando de desktops e notebooks para dispositivos portáteis e práticos.

Quem ainda não aposta em responsividade está perdendo tempo e clientes. Desde abril, o Google passou a considerar o design como requisito para classificar seu ranking orgânico.

Além de tablets e smartphones, também estão crescendo os acessos pelas Smart TVs, videogames e outros produtos, por isso, é de suma importância que o layout de um site ou e-mail marketing seja responsivo para poder se adequar aos buscadores, aumentar a relevância, e também pela experiência de navegação pelo usuário, que pode obter uma grande melhoria na conversão.

Atualmente, o design responsivo já é essencial, e não mais um diferencial. Sem exceção, todas as empresas precisam aplicar esta técnica adequadamente em seu empreendimento digital.

Fonte: Revista Locaweb